AUGA SECA, É A 1ª SÉRIE EM PORTUGUÊS-GALEGO ASPIRANTE AOS PRÉMIOS PLATINA DO CINE IBEROAMERICANO

2021-05-13
A primeira temporada da série Auga Seca', que foi gravada parcialmente em Vigo, passa a ser a primeira série em Português-Galego pré-selecionada nos VIII Prémios Platina do Cinema Iberoamericano. Destacou-se entre mais de 600 produções de 23 países ibero-americanos. As categorias nas quais se destaca esta ficção são a de 'Melhor Interpretação Feminina em Mini-série ou Tele-série' (Victoria Guerra) e a de 'Melhor Interpretação Masculina em Mini-série ou Tele-série (Adriano Luz).

Os Prémios Platina, organizados pela Entidade de Xestión dos Dereitos Audiovisuais (EGEDA) e a Federación Iberoamericana de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais (FIPCA) em colaboração com as Academias e Institutos de Cine, têm vindo a reconhecer as melhores séries todos os anos, a nível de produções iberoamericanas e todos os profissionais que nelas participam. As obras finalistas serão reveladas no final de junho e os prémios entregues em outubro, presencialmente. 

Auga Seca é uma coprodução SPI e Portocabo. A segunda temporada da série terá a sua estreia na RTP1 e ficará posteriormente disponível na plataforma da HBO Portugal e Espanha e na Televisión de Galicia.


Na segunda temporada de ‘Auga Seca’, composta por 8 episódios, aprofundaremos as origens dos negócios da família Galdón e os seus conflitos com a família de Teresa, protagonizada pela atriz Victoria Guerra. No elenco mantêm-se atores espanhóis e portugueses como Monti Castiñeiras (Mauro Galdón), Sergio Pazos (inspetor Viñas), Eva Fernández (Irene), Belén Constenla (Dulce) e Adriano Luz (Lázaro), a que se juntam novas caras como Pêpê RapazoteLuana Piovani e Gonçalo Waddington.

 

Toño López volta a assumir a realização em conjunto com o realizador português Sérgio Graciano sob a produção executiva de José Amaral da SPi e Alfonso Blanco da Portocabo, autor da série. Os guiões foram escritos por Carlota Dans, Roberto G. Méndez, Miguel Simal, Alfonso Blanco, Nina Hernández Ana Míguez; a direção de fotografia é de Manuel Pinto Barros e Lucí C. Pan, e a música original foi criada por Elba Fernández Xavi Font.

Saiba mais aqui: https://bit.ly/33G7IXy