DESCONTOS LEGAIS EM PORTUGAL ATRAEM PRODUÇÕES ESTRANGEIRAS E PROPORCIONAM CRESCIMENTO NACIONAL

2021-03-26

A modalidade de descontos legais aplicados em Portugal em 2018 tem vindo a atrair grandes produções internacionais, investimento em novas instalações, novos equipamentos de produção que permitem que exista um aumento significativo de produções cinematográficas e televisivas, a nível nacional.

As filmagens diminuíram durante a pandemia e vários projetos ficaram
on-hold, mas no segundo semestre de 2021, prevê-se um grande aumento de produção.

Os descontos atuais estão tabelados nos 25% a 30% de despesas elegíveis para produção, com possibilidade de revisão num futuro próximo. Assim sendo, contou-se com um abate de 22,5 mulhões de euros em descontos, que foram disponibilizados para trabalhar em filmagens internacionais, produções e coproduções 100% portuguesas. Projetos de renome como ‘Frankie’ de Ira Sachs, com Isabelle Huppert, ‘The Color Out of Space’ de Richard Stanley, com Nicholas Cage, ‘Fátima’ de Marco Pontecorvo, com Harvey Keitel tiveram o seu destaque, contando com um apoio que variou entre os 63.000 Euros e os 1,9 milhões €, colocando Portugal estrategicamente posicionado no ecossistema das produções.

Também a RTP alterou o processo de telenovelas para a modalidade de séries e documentários orientados para o mercado internacional, incluindo coproduções com a SPI, Netflix, HBO e Amazon.