GRAVAÇÕES DA SEGUNDA TEMPORADA DE “AUGA SECA” ARRANCAM EM PORTUGAL

2021-03-04

As gravações da segunda temporada de ‘Auga Seca’, coprodução entre a SPi e a produtora Galega Portocabo para a RTP1, a HBO Portugal e Espanha e a Televisión de Galicia arrancam dia 9 de março em Portugal.

A série terá a sua estreia na RTP1 e ficará posteriormente disponível na plataforma da HBO Portugal e Espanha e na Televisión de Galicia.

 

Para o diretor da RTP1, José Fragoso, "o êxito da primeira temporada de ‘Auga Seca’ justifica a aposta da RTP e da HBO numa segunda série de 8 episódios. Exemplo relevante do potencial de coprodução que existe entre Portugal e Espanha, ‘Auga Seca’ permitiu envolver equipas criativas e técnicas dos dois países e um elenco de atores notável de ambas as nacionalidades, desenvolvendo uma narrativa tensa e emocional cuja ação se desloca entre paisagens portuguesas e galegas. Esta nova temporada de ‘Auga Seca’ é mais uma proposta ambiciosa a que a RTP se liga com entusiasmo, num momento particularmente feliz da capacidade da produção nacional de ficção se integrar em projetos internacionais de qualidade”.

 

Segundo José Amaral, Managing Director da SPi, "neste momento importante para a produção da ficção nacional, fruto de um conjunto de fatores onde destacamos a força e o papel da RTP na dinamização e na participação em coproduções internacionais, é com enorme satisfação que anunciamos o início das gravações da segunda temporada da série ‘Auga Seca’ em Portugal. A confirmação desta segunda temporada de 8 episódios é um sinal inequívoco do reconhecimento da qualidade de produção e do talento existente em Portugal e que nos aproxima uma vez mais à Região da Galiza e às plataformas OTT, onde as boas histórias estão presentes e onde queremos continuar a estar presentes”.

 

Na segunda temporada de ‘Auga Seca’, composta por 8 episódios, aprofundaremos as origens dos negócios da família Galdón e os seus conflitos com a família de Teresa, protagonizada pela atriz Victoria Guerra. No elenco mantêm-se atores espanhóis e portugueses como Monti Castiñeiras (Mauro Galdón), Sergio Pazos (inspetor Viñas), Eva Fernández (Irene), Belén Constenla (Dulce) e Adriano Luz (Lázaro), a que se juntam novas caras como Pêpê Rapazote, Luana Piovani e Gonçalo Waddington.

 

Toño López volta a assumir a realização em conjunto com o realizador português Sérgio Graciano sob a produção executiva de José Amaral da SPi e Alfonso Blanco da Portocabo, autor da série. Os guiões foram escritos por Carlota Dans, Roberto G. Méndez, Miguel Simal, Alfonso Blanco, Nina Hernández e Ana Míguez; a direção de fotografia é de Manuel Pinto Barros e Lucí C. Pan, e a música original foi criada por Elba Fernández e Xavi Font.