go to main content
Spi Logo@2Xv2

SPi

Sobre a SPi

World
shape layout

Uma viagem pelo Mundo, a abrir novos horizontes para o audiovisual português

Damos voz às histórias portuguesas lá fora, levamos personagens nacionais a viajar Mundo fora e promovemos a abertura de novos horizontes à produção nacional.

A SPi, parte integrante do Grupo SPTV, é a produtora que se dedica, desde a sua criação em 2017, ao desenvolvimento e produção de projetos internacionais. É pioneira no mercado português, pelas suas produções com e para plataformas internacionais de streaming, nomeadamente com a primeira série original portuguesa da Netflix, Glória, que estreou em mais de 190 países, no ano de 2021.

Do seu portfólio fazem parte inúmeros projetos de diferentes géneros e formatos, em modelo de coprodução com parceiros nacionais e internacionais, entre eles, ficção, documentários, sitcoms e lifestyle.

Destaque para as séries CODEX 632, uma coprodução com a Globoplay e a RTP e distribuída internacionalmente pela Bavaria, e para VANDA, uma coprodução com a La Panda e Legendary, recentemente selecionada para a Berlinale Series Market Selects 2022.

Procuramos contar histórias com que os espetadores, em qualquer parte do Mundo, se identifiquem, promovendo assim coproduções orgânicas com os nossos parceiros. Contamos sempre com os melhores profissionais, desde o desenvolvimento até à pós-produção de cada projeto.

Juntos vamos mais longe!

Desde 2019 até agora...

shape layout
shape layout

A equipa

António Parente
António Parente
Jorge Marecos Duarte
Jorge Marecos Duarte
João Pedro Lopes
João Pedro Lopes
Pedro Rosa
Pedro Rosa
Bruno José
Bruno José
Pedro Lopes
Pedro Lopes
Manuel Claro
Manuel Claro
Rosa Palma
Rosa Palma
Sérgio Baptista
Sérgio Baptista

António Parente

Presidente do Conselho de Administração
Nascido em Viana do Castelo, António Parente é o Presidente do Conselho de Administração do Grupo MADRE, constituído por diversas empresas, entre as quais o Grupo SPTV, no qual se insere a SPi. Desenvolveu a sua atividade nos anos 70, na indústria de engenharia mecânica e, na década seguinte, na área do aluguer de equipamento de elevação. Nos últimos anos, dedicou-se à "industrialização” do sector audiovisual, que representa uma área importante do Grupo.